Author Archive for

19
jun
09

Desenvolvedora explica baixo desempenho de Ghostbusters no PS3

Depois de um longo período de paridade considerável entre títulos para Xbox 360 e PS3, eis que novamente dá as caras um jogo com clara superioridade gráfica na plataforma da Microsoft. Sim, nós estamos falando de Ghostbusters: The Video Game, título lançado para ambas as plataformas e que, visivelmente, apresenta mais definição e detalhes no Xbox 360. Se não, confira as imagens abaixo.

imagem

Bem, e qual seria o motivo para uma disparidade tão gritante? Afinal, as expectativas da Terminal Reality para a Infernal Engine eram as melhores possíveis — isso sem contar o fato de os desenvolvedores serem abertamente prosélitos da plataforma da Sony. Há quem considere, no momento, um retorno nefasto à época em que os títulos multiplataforma apresentavam qualidade inferior no PS3.

Para resolver o impasse, a produtora apareceu com a seguinte explicação: “…a versão para PS3 é mais leve por causa do filtro ‘antialiasing’ quincunx e pelo fato de o jogo rodar a 75% da resolução da versão para [Xbox] 360”, afirma a empresa. “Então, não seria possível comparar diretamente duas ‘screenshot’ sem uma escala adequada” (tradução livre).

imagem

E, para completar: “O PS3 certamente tem menos [memória] RAM que o [Xbox] 360 – mas nós contornamos isso comprimindo 3 em 4 texturas como tamanho completo no PS3”.

Enfim, seria mesmo uma reminiscência dos primeiros tempos infaustos do console? Dos tempos em que os desenvolvedores alegavam dificuldades técnica para programar para o console da Sony? Ou o problema, talvez, fosse da não tão bem sucedida Infernal Engine? Afinal, dos primórdios do PS3 até aqui, vários jogos multiplataforma apresentaram excelente qualidade gráfica. Enfim, como já foi dito uma vez, “o problema são os outros”.

E o modo multiplayer para PC?

Quem resolveu adquirir a versão para PC de Ghostbusters: The Video Game acabou com uma infeliz surpresa: a versão não apresenta modo multiplayer. É claro, depois dessa constatação, vem a inevitável pergunta: “por que essa @&*# não tem multiplayer?!?”

Bem, se a falta de um multiplayer já deixou você indignado, espere só para ouvir a explanação oficial da Atari sobre o caso. Segundo o CEO da desenvolvedora Threewave, Dan Irish (cujo comentário foi trazido a público pela própria Atari), a equipe de desenvolvimento realmente tinha a intenção de criar modos multiplayer tanto para os consoles quanto para PC.

Entretanto, programar para todas as plataformas poderia significar uma perda considerável na qualidade final. Assim sendo, a equipe decidiu focar apenas nas versões para os consoles. Segundo Irish, se a idéia original fosse mantida, “algo acabaria sofrendo” (tradução livre). Enfim, não exatamente consolador, mas não deixa de ser uma explicação.